Pular para o conteúdo principal

DICA DO DIA

Sétimo capítulo - novela - negociante de almas - Röhrig C. - lançamento 2015 - livro



07
O velho até que não era pesado. E apesar de toda a confusão, estávamos apenas com 15 minutos de atraso. O telefone tocou. Atendi.
- Alô – eu disse.
- Tudo em ordem? – Bernardo perguntou.
- Tivemos um pequeno imprevisto.
- O que foi? O que os vagabundos aprontaram?
- Não teve nada a ver com os pedreiros. Foi outra coisa.
- Se estes vagabundos aprontarem alguma coisa me avisa. Que eu dou um pulo ai.
- Ok! Eu disse, e desliguei.
Continuamos empurrando o carrinho. Na verdade os dois sujeitos empurravam, eu apenas caminhava ao lado, enquanto os dois homens desprendiam toda a energia. Bernardo não iria acreditar na historia mesmo. Nem eu conseguia entender o que tinha acontecido.  O caminho do corredor era revestido de paralelepípedos irregulares, algumas pedras estavam salientes, e quando a rodinha do carrinho batia, trancava o carrinho de forma violenta e o caixão quase voava para frente.
- Vamos com mais calma – eu disse -, não queremos que o morte chegue primeiro.
- Não se preocupe senhor. Estamos acostumados.
- Eu sei, mas vamos com calma.
Foi uma cerimônia rápida. Chegamos ao local, o padre falou algumas palavras, elogiou o morto, a viúva, os parentes, amigos e falou algo a respeito da missa no domingo. Todos estavam emocionados.
Os amigos pegaram nas alças e tiramos o caixão do carrinho e colocamos na abertura. Parecia que estávamos alimentando um forno com aquele caixão. Colocamos o lado da cabeça apoiada na entrada, e empurramos tudo para dentro. Assim que o caixão terminou de sumir. As pessoas começaram a se despedir e foram saindo. A viúva foi a ultima a ir embora, amparada por uns parentes que eu não conhecia. Fiquei observando e fumando um cigarro. Notei que o sujeito misterioso, já tinha ido embora.
 No final fiquei apenas eu e os dois pedreiros. Olhando enquanto eles fechavam o buraco com tijolos e cimento. É assim que tudo termina. Não parece ser grande coisa agora – pensei. 

Ofertas:

Postagens mais visitadas deste blog

"Eu nunca o vi bêbado" - uma entrevista com o editor de Bukowski (RARIDADE)

John Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odeia. Foi o que ele nos contou sobre sua conta.





Bukowski e sua esposa Linda. Fotos via Getty Images

Seja qual for a sua opinião de Bukowski - que você acredita que um niilista talentoso que só pensou em beber e foder, a voz de uma geração, ou um pouco de ambos - é inegável que era uma figura fundamental na história literária de Los Angeles. Por esse motivo, quando faz alguns anos trabalhamos no número do programa (o tema de Hollywood), decidi entrar em contato com John Martin, o editor de Bukowski. No final, a entrevista não foi publicada e permaneceu no rascunho até alguns dias atrás, quando decidimos publicá-la.


Se existe uma pessoa viva que pode dizer que conheceu o verdadeiro Charles Bukowski, essa pessoa é Martin. Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odei…

Exclusive Stephen King Interview - Entrevista exclusiva de Stephen King

Stephen Edwin King (born September 21, 1947) is an American author of contemporary horror, suspense, science fiction and fantasy. His books have sold more than 350 million copies[2] and many of them have been adapted into feature films, television movies and comic books. King has published fifty novels, including seven under the pen name Richard Bachman, and five non-fiction books. He has written nearly two hundred short stories, most of which have been collected in nine collections of short fiction. Many of his stories are set in his home state of Maine. King has received Bram Stoker Awards, World Fantasy Awards, British Fantasy Society Awards, his novella The Way Station was a Nebula Award novelette nominee,[3] and his short story "The Man in the Black Suit" received the O. Henry Award. In 2003, the National Book Foundation awarded him the Medal for Distinguished Contribution to American Letters.[4] He has also received awards for his contribution to literature for his …

fundo transparente para criar imagem PNG

---------------------------------------------------------------- ------------------------------------------------------------------ passe o mause em cima da parte branca entre as duas linhas tracejadas , clique com o botão direito do mause  e copie o fundo transparente para criar imagem PNG
Criar e imprimir cartão de visita e flyer