Pular para o conteúdo principal

DICA DO DIA

curiosidades: PRIMEIRO Romance Jack Kerouac





PRIMEIRO Romance 

Jack Kerouac

511921
Primeiro romance de Kerouac e obra que marcou a sua estreia literária, Cidade Pequena, Cidade Grande foi publicado em 1950 sob o nome de John Kerouac, e escrito entre uma viagem e outra, quando ele voltava para sua casa em Nova Iorque, após ter sido dispensado da Marinha por razões psiquiátricas. Fortemente influenciado pelo estilo tradicional do escritor Tom Wolfe, o livro, mesmo tendo sido mencionado em On The Road, é bastante diferente de todos os demais, com uma narrativa densa, às vezes truncada, mas que se torna fluida quando conseguimos liberar a mente para a velocidade das palavras, com as quais Kerouac brinca, bem como tempo e as mudanças pessoais – uma das chaves para se entender o livro. Na narração, ele faz um dedicado e cansativo exercício de descrição, detalhando cada pedaço, lugar e acontecimento da história. Quando se aprofunda o olhar, porém, o que salta aos olhos são os conflitos, as tristezas e rachaduras da vida.
Contudo, apesar de quase épico, o livro ainda não traz as principais características que o tornariam famoso posteriormente, como o uso do fluxo de consciência. A história contada, como sempre biográfica e baseada na vida do próprio Kerouac, é a história da família de George e Marge Martin, desde os dias vividos na pequena cidade de Galloway, até o pós Segunda Guerra Mundial, quando o cenário muda para Nova Iorque. O livro descreve as decisões, experiências e o amadurecimento pessoal de dez personagens (os pais e seus oito filhos), focalizando ora em Peter, ora em Joe ou Francis, e na eterna busca pelo equilíbrio dos valores aprendidos na cidade pequena e do interior quando se vive no ambiente selvagem da cidade grande.


fonte: http://indiqueumlivro.literatortura.com



Tags: Allen GinsbergAntonio BivarBob Dylancaio f.caio fernando abreuCazuza. Jim MorrisonCharles BukowskiCidade pequena cidade grandeClaudio WillerGabito NunesGary SnyderHai-kaisHaikusindique um autorJack KerouacL&PML&PM EditoresLivro de HaicaisLucien CarrNeal CassadyOn The RoadOs SubterrâneosOs Vagabundos iluminados,Paulo LeminskiRegina WeinreichTim HuntTom WaitsTom WolfeTruman Capotewaly salomãoWilliam Burroughs

Ofertas:

Postagens mais visitadas deste blog

fundo transparente para criar imagem PNG

---------------------------------------------------------------- ------------------------------------------------------------------ passe o mause em cima da parte branca entre as duas linhas tracejadas , clique com o botão direito do mause  e copie o fundo transparente para criar imagem PNG

livros mais vendidos na amazon, dica de leitura, kindle, ebook, book, baixe agora

livros mais vendidos na amazon, terceira semana em destaque, aproveite e leia agora
adquira o seu exemplar também
Lista de mais vendidos da Amazon:
#2 em Livros > Infantil e Infantojuvenil > Ficção Científica, Fantasia e Terror > Terror de dar Calafrios
click no link e aproveite

A ÚLTIMA VIAGEM DO LUSITANIA - ERIK LARSON

A ÚLTIMA VIAGEM DO LUSITANIA ERIK LARSON ormato(s) de venda:livro, e-bookTradução:Berilo VargasPáginas:432Gênero:Não FicçãoISBN:978-85-8057-850-8E-ISBN:978-85-8057-851-5Lançamento:27/10/2015
Em 1o de maio de 1915, com a Primeira Guerra Mundial chegando a seu décimo mês, um luxuoso transatlântico saiu de Nova York com destino a Liverpool, com um número recorde de bebês e crianças a bordo. Era uma surpresa que os passageiros estivessem tão tranquilos, já que a Alemanha declarara os mares ao redor da Inglaterra como zona de guerra e havia meses os submarinos alemães levavam terror ao Atlântico Norte. Mas o Lusitania era um dos maiores e mais rápidos navios em serviço, e seu capitão, William Thomas Turner, acreditava piamente no cavalheirismo de guerra que por um século evitou que navios civis fossem atacados. No entanto, a Alemanha estava determinada a mudar as regras do jogo, e Walther Schwieger, o capitão do Unterseeboot-20, estava feliz em colaborar. Enquanto isso, um serviço de inteligên…