Pular para o conteúdo principal

DICA DO DIA

o que escrevo em redes sociais é ficção!

Prezados amigos e parentes. Gostaria de salientar que o que escrevo em redes sociais é ficção! Se os textos que escrevi geraram alguma preocupação ou duvida. Lembrem eu escrevo ficção. Eu nunca iria escrever algo a respeito da minha vida pessoal em uma rede social. O que eu escrevo são textos para ilustrar a minha opinião a respeito de certos assuntos. E como forma de registro do que eu vejo no dia a dia. Se eu uso o meu nome para ilustrar uma historia é porque eu faço como o advogado do diabo, preciso encontrar um culpado e não existe melhor exemplo do que eu me servir da minha pessoa. Se eu usasse o nome de outra pessoa acabaria sendo processado. Por este motivo muitas vezes me uso como um personagem das minhas historias.
Quando eu tenho uma ideia para escrever uma nova novela, eu vou publicando fragmentos dela no facebook, para testar a historia, ver o grau de comprometimento que consigo criar, a interação com outras pessoas.
Tudo que eu escrevo é uma critica a sociedade e aos modelos.
As vezes até falo algo de cunho pessoal, mas é inbox.
Uso 1% realidade para criar os outros 99% ficção.
Leia as minhas postagens como um texto literário e não como uma forma de diário. Eu ilustro a minha opinião com textos que invento.
Eu expresso a minha opinião e indignação contra a hipocrisia e a mediocridade de alguns seres humanos que observei ao longo do tempo.
E esta relação de tempo, também é complexa, pois trabalho com fragmentos de situações que ocorreram em tempos diferentes.
Um personagem é a soma de vários fragmentos de pessoas reais, potencializando a carga dramática. Para ficar mais divertido e criar maior impacto.
Mesmo quando escrevo poemas, são poemas escritos a partir da criação de um personagem. E gosto muito de usar influencia externa como: musica, pintura,pessoas. Crio um ambiente e trabalho um sentimento de forma que sugestiono aquela situação.
Adoro criar personagens marginais (entenda que marginal é um personagem que esta a margem da sociedade, alguém que não se encaixa nela, ou que é oprimido por ela)......espero que tenha ficado bem explicado. Mas se existir alguma duvida posso passar o numero da minha conta no banco e estou aceitando doações hehehehe.....
No momento estou escrevendo 3 novelas sendo que a trama de cada uma é bem distinta (mistério, terror, romance), 2 livros de contos (erótico, underground), 1 livro de poemas góticos/urbanos. Varias outras historias avulsas.
Mas posso garantir que não fiz nenhum pacto com criaturas assombrosas, nem me tornei um traficante de armas no oriente, continuo solteiro então não ando tendo problemas conjugais, não tenho pretensões de ir a lua, e não vivo no sec. XVIII, também não achei nenhum tesouro. Levo uma vidinha bem tranquila. Abraço a todos! Emoticon smile
e obrigado por estarem lendo as minhas postagens !!!!!

Ofertas:

Postagens mais visitadas deste blog

"Eu nunca o vi bêbado" - uma entrevista com o editor de Bukowski (RARIDADE)

John Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odeia. Foi o que ele nos contou sobre sua conta.





Bukowski e sua esposa Linda. Fotos via Getty Images

Seja qual for a sua opinião de Bukowski - que você acredita que um niilista talentoso que só pensou em beber e foder, a voz de uma geração, ou um pouco de ambos - é inegável que era uma figura fundamental na história literária de Los Angeles. Por esse motivo, quando faz alguns anos trabalhamos no número do programa (o tema de Hollywood), decidi entrar em contato com John Martin, o editor de Bukowski. No final, a entrevista não foi publicada e permaneceu no rascunho até alguns dias atrás, quando decidimos publicá-la.


Se existe uma pessoa viva que pode dizer que conheceu o verdadeiro Charles Bukowski, essa pessoa é Martin. Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odei…

Exclusive Stephen King Interview - Entrevista exclusiva de Stephen King

Stephen Edwin King (born September 21, 1947) is an American author of contemporary horror, suspense, science fiction and fantasy. His books have sold more than 350 million copies[2] and many of them have been adapted into feature films, television movies and comic books. King has published fifty novels, including seven under the pen name Richard Bachman, and five non-fiction books. He has written nearly two hundred short stories, most of which have been collected in nine collections of short fiction. Many of his stories are set in his home state of Maine. King has received Bram Stoker Awards, World Fantasy Awards, British Fantasy Society Awards, his novella The Way Station was a Nebula Award novelette nominee,[3] and his short story "The Man in the Black Suit" received the O. Henry Award. In 2003, the National Book Foundation awarded him the Medal for Distinguished Contribution to American Letters.[4] He has also received awards for his contribution to literature for his …

fundo transparente para criar imagem PNG

---------------------------------------------------------------- ------------------------------------------------------------------ passe o mause em cima da parte branca entre as duas linhas tracejadas , clique com o botão direito do mause  e copie o fundo transparente para criar imagem PNG
Criar e imprimir cartão de visita e flyer