Pular para o conteúdo principal

DICA DO DIA

Para ler como um escritor – Francine Prose




    » Assine nosso canal do Youtube e aprenda mais sobre literatura.« 


Não esqueça de deixar seu LIKE positivo e Inscreva-se no canal – Obrigado!
Para ler como um escritor – Francine Prose
Um guia para quem gosta de livros e para quem quer escrevê-los

Best-seller e livro notável do New York Times  


Sinopse:
É possível ensinar a um escritor o seu ofício? A questão é polêmica, especialmente quando proliferam cursos de graduação e de extensão com essa proposta. Escritora e crítica literária, Francine Prose defende que, sim, há muito o que aprender com os mestres. Virginia Woolf, Jane Austen, Nabokov, Philip Roth e Flaubert são alguns dos autores a quem dedica uma leitura atenta e cuidadosa, em busca do segredo do 'escrever bem'. De cada um, extrai lições.

Reading Like a Writer: A Guide for People Who Love Books and for Those Who Want to Write Them (P.S.) Francine Prose


Long before there were creative-writing workshops and degrees, how did aspiring writers learn to write? By reading the work of their predecessors and contemporaries, says Francine Prose.
In Reading Like a Writer, Prose invites you to sit by her side and take a guided tour of the tools and the tricks of the masters. She reads the work of the very best writers—Dostoyevsky, Flaubert, Kafka, Austen, Dickens, Woolf, Chekhov—and discovers why their work has endured. She takes pleasure in the long and magnificent sentences of Philip Roth and the breathtaking paragraphs of Isaac Babel; she is deeply moved by the brilliant characterization in George Eliot's Middlemarch. She looks to John Le Carré for a lesson in how to advance plot through dialogue, to Flannery O'Connor for the cunning use of the telling detail, and to James Joyce and Katherine Mansfield for clever examples of how to employ gesture to create character. She cautions readers to slow down and pay attention to words, the raw material out of which literature is crafted.
Written with passion, humor, and wisdom, Reading Like a Writer will inspire readers to return to literature with a fresh eye and an eager heart. (fonte: Amazon)




veja as novidades no blog
site oficial do autor



#literatura, #livro, #ficção, #livros, #escritor, #romance, #books, #bestsellers,  #rohrig,  #redomacritica


Promoção de livros

743355678ae871043d48337fc70c9a8a--romances-auto

Ebook Amazon

É muito amor envolvido – Quando nasce um romance – LIVRO – Röhrig

Se preferir uma edição impressa clique no logo da Agbook 
 

Ofertas:

Postagens mais visitadas deste blog

10 livros imperdíveis de Fiódor Dostoiévski em português (PDF) Grátis para baixar

10 livros imperdíveis de Fiódor Dostoiévski em português (PDF) Grátis para baixar 
                               » Assine nosso canal do Youtube e aprenda mais sobre literatura.« 


Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski[nota 1][nota 2]Moscou/Moscovo30 de outubro de 1821 - São Petersburgo28 de janeiro de 1881[1][2][3][4][nota 3] foi um escritorfilósofo e jornalista do Império Russo. É considerado um dos maiores romancistas e pensadores da história, bem como um dos maiores "psicólogos" que já existiram (na acepção mais ampla do termo, como investigadores da psiquê).[5][6][7] Entre outros temas, a obra do autor explora o significado do sofrimento e da culpa, o livre-arbítrio, o cristianismo, o racionalismo, o niilismo, a pobreza, a violência, o assassinato, o altruísmo, além de analisar transtornos mentais, muitas vezes ligados à humilhação, ao isolamento, ao sadismo, ao masoquismo e ao suicídio. Pela retratação filosófica e psicológica profunda e atemporal dessas questões, seus…

"Eu nunca o vi bêbado" - uma entrevista com o editor de Bukowski (RARIDADE)

John Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odeia. Foi o que ele nos contou sobre sua conta.





Bukowski e sua esposa Linda. Fotos via Getty Images

Seja qual for a sua opinião de Bukowski - que você acredita que um niilista talentoso que só pensou em beber e foder, a voz de uma geração, ou um pouco de ambos - é inegável que era uma figura fundamental na história literária de Los Angeles. Por esse motivo, quando faz alguns anos trabalhamos no número do programa (o tema de Hollywood), decidi entrar em contato com John Martin, o editor de Bukowski. No final, a entrevista não foi publicada e permaneceu no rascunho até alguns dias atrás, quando decidimos publicá-la.


Se existe uma pessoa viva que pode dizer que conheceu o verdadeiro Charles Bukowski, essa pessoa é Martin. Martin foi o editor de Bukowski durante grande parte de sua carreira, e é por isso que você agora sabe quem é Buk e você o ama ou odei…

A construção erótica segundo Lou Andreas-Salomé - FANI HISGAIL

FANI HISGAIL

Não há quem não tenha ouvido falar dela, uma das mulheres mais prestigiadas do círculo íntimo de Freud e amiga da família desde 1912. Ficou conhecida por ter despertado paixões avassaladoras em homens que marcaram a época, tais como Paul Rée, Friedrich  Nietzsche e Rainer Maria Rilke. Nos últimos anos,  Lou Andreas Salomé ressurgiu como Lou Salomé personagem do romance “Quando Nietzsche Chorou”, de Irvin D Yalon, e os mais jovens passaram a saber, mesmo que pela ficção, um pouco mais sobre a vida dessa senhora russa, célebre pela autoria de mais de vinte livros de poesia e ensaios de Psicanálise. Lojla von Salomé (1861-1937), é filha de um general do Estado Maior czarista, originário da França, e de mãe natural de S. Petersburgo, única menina depois de seis varões. Foi educada no protestantismo e aos 15 anos conhece o pastor holandês Hendrick Gillot, que durante dois anos vive um amor platônico, de adolescente. Dessa epistolar ligação, interessou-se por filosofia, teologia…
Criar e imprimir cartão de visita e flyer