Pular para o conteúdo principal

DICA DO DIA

Exclusive Stephen King Interview - Entrevista exclusiva de Stephen King

Stephen Edwin King (born September 21, 1947) is an American author of contemporary horror, suspense, science fiction and fantasy. His books have sold more than 350 million copies[2] and many of them have been adapted into feature films, television movies and comic books. King has published fifty novels, including seven under the pen name Richard Bachman, and five non-fiction books. He has written nearly two hundred short stories, most of which have been collected in nine collections of short fiction. Many of his stories are set in his home state of Maine. King has received Bram Stoker Awards, World Fantasy Awards, British Fantasy Society Awards, his novella The Way Station was a Nebula Award novelette nominee,[3] and his short story "The Man in the Black Suit" received the O. Henry Award. In 2003, the National Book Foundation awarded him the Medal for Distinguished Contribution to American Letters.[4] He has also received awards for his contribution to literature for his entire oeuvre, such as the World Fantasy Award for Life Achievement (2004), the Canadian Booksellers Association Lifetime Achievement Award (2007) and the Grand Master Award from the Mystery Writers of America (2007).[5]


 Stephen Edwin King (nascido em 21 de setembro de 1947) é um autor americano de horror contemporâneo, suspense, ficção científica e fantasia. Seus livros venderam mais de 350 milhões de cópias [2] e muitos deles foram adaptados em filmes, filmes de televisão e quadrinhos. O rei publicou cinquenta romances, incluindo sete sob o nome de canção Richard Bachman e cinco livros de não ficção. Ele escreveu quase duzentas histórias curtas, a maioria dos quais foram coletadas em nove coleções de ficção curta. Muitas de suas histórias são definidas em seu estado natal do Maine. King recebeu Prêmios Bram Stoker, World Fantasy Awards, British Fantasy Society Awards, sua novela The Way Station foi um nomeado novelette do Nebula Award, [3] e sua curta história "The Man in the Black Suit" recebeu o Prêmio O. Henry. Em 2003, a National Book Foundation concedeu-lhe a Medalha de contribuição distinta para cartas americanas. [4] Ele também recebeu prêmios por sua contribuição à literatura para toda a sua obra, como o World Fantasy Award for Life Achievement (2004), o Prêmio de conquista da vida da Canadian Booksellers Association (2007) e o Grand Master Award dos Mystery Writers of America ( 2007). [5]

Comentários

Promoção de livros

743355678ae871043d48337fc70c9a8a--romances-auto

Ebook Amazon

É muito amor envolvido – Quando nasce um romance – LIVRO – Röhrig

Se preferir uma edição impressa clique no logo da Agbook 
 

Ofertas:

Postagens mais visitadas deste blog

Forma ou fôrma - qual o correto?

As palavras formaefôrmaexistem na língua portuguesa e estão corretas. Podemos utilizar a palavra forma (com a vogal o aberta) como sinônimo de feitio ou para referir a forma conjugada do verbo formar e as palavras fôrma e forma (com a vogal o fechada) como sinônimo de molde. A utilização do acento diferencial é facultativa desde a entrada em vigor do Novo Acordo Ortográfico.
Exemplos – forma (timbre aberto): 
Mexer é a forma correta de escrita desta palavra, porque é com x e não com ch. 
Sua boa forma é invejável! 
A professora forma a fila dos alunos no pátio da escola. 

Exemplos – forma (timbre fechado) ou fôrma: 
Você tem alguma forma de bolo para me emprestar? 
Você tem alguma fôrma de bolo para me emprestar? 

Este sapato tem uma forma pequena. 
Este sapato tem uma fôrma pequena. 

Antigamente, o acento circunflexo era usado para diferenciar a palavra forma (o aberto) da palavra fôrma (o fechado). Contudo, a reforma ortográfica de 1971 aboliu a utilização de acentos diferencias, como em fôrm…

fundo transparente para criar imagem PNG

---------------------------------------------------------------- ------------------------------------------------------------------ passe o mause em cima da parte branca entre as duas linhas tracejadas , clique com o botão direito do mause  e copie o fundo transparente para criar imagem PNG

Menino Anarquista - Charlie Chaplin

muito bom!!!!!! 
melhor definição politica "Não sou NADA", nem direita nem esquerda. apenas um individuo que não acredita em governos e nem em políticos.


Criar e imprimir cartão de visita e flyer