Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

DICA DO DIA

O fim do relacionamento não é o fim do amor

O fim do relacionamento não é o fim do amor A alguns anos eu estava numa reunião de casais e um palestrante falou como as pessoas se distanciam. Ele disse: dois navios que começam uma jornada lado a lado e aos poucos sem perceberem vão se afastando e tomando rotas diferentes. Foi algo mais ou menos assim que ele explicou. É verdade a vida às vezes nos faz fazer escolhas erradas. A pior coisa que pode existir num relacionamento são os conselhos externos. Normalmente todo mundo tem um bom conselho errado para dar. Porque ninguém sabe o que se passa entre duas pessoas. Outra coisa é a briga para ver quem tem mais razão, ao invés de tentar entender os motivos do outro. Vira uma competição de quem é bom e de quem é mau. Pura falta de equilíbrio e bom senso. Brigar pelo posto de liderança é outra coisa que não faz sentido. O que deve se ter é união e trabalho em conjunto. Focar em um sonho em que ambos participam e respeitando os sonhos individuais de cada um. Qualquer briga acaba com os doi…

E agora, José? Paulo Diniz Compositor: Carlos Drummond De Andrade

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,

e agora, José?
e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama, protesta?

e agora, José?

Está sem mulher,
está sem carinho,
está sem discurso,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?



Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio – e agora?


Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!


Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,

pra descontrair

TRIO - Live in concert 1982 - a classic gig

Neil Young - Heart of Gold/Lyrics (Full HD)

German Shepherd Puppy: Nap Time

LES LETTRES PORTUGAISES Bande Annonce (2015)

curiosidades: PRIMEIRO Romance Jack Kerouac

PRIMEIRO Romance  Jack Kerouac Primeiro romance de Kerouac e obra que marcou a sua estreia literária, Cidade Pequena, Cidade Grande foi publicado em 1950 sob o nome de John Kerouac, e escrito entre uma viagem e outra, quando ele voltava para sua casa em Nova Iorque, após ter sido dispensado da Marinha por razões psiquiátricas. Fortemente influenciado pelo estilo tradicional do escritor Tom Wolfe, o livro, mesmo tendo sido mencionado em On The Road, é bastante diferente de todos os demais, com uma narrativa densa, às vezes truncada, mas que se torna fluida quando conseguimos liberar a mente para a velocidade das palavras, com as quais Kerouac brinca, bem como tempo e as mudanças pessoais – uma das chaves para se entender o livro. Na narração, ele faz um dedicado e cansativo exercício de descrição, detalhando cada pedaço, lugar e acontecimento da história. Quando se aprofunda o olhar, porém, o que salta aos olhos são os conflitos, as tristezas e rachaduras da vida. Contudo, apesar de qu…

venha para o lado culto da força

MANU CHAO.... Clandestino, Tijuana, Si me das a elegir (y 16 más)

bom dia meus amigos! um ótimo domingo a todos!

Nouvelle Vague - Nouvelle Vague

Como preservar sua natureza capitalista

Como preservar sua natureza capitalista Hoje em dia está na moda uma palavra muito bonita “sustentabilidade”, mas o que isto significa? É muito simples, vou dar um exemplo hipotético. Você precisa agregar valor aos seus produtos. E que valor melhor do que o apelo emotivo e uma coleção de certificados. Primeiro você precisa ver se o seu produto esta dentro da legislação, se não estiver não tem problema. Faça acordos com as pessoas certas e modifique a legislação. Se alguém em alguma esfera não estiver de acordo, procure as pessoas certas e engajadas e peça para exonerarem esta pessoa, ela não serve para o sistema. Segundo você precisa ganhar o carisma da população do entorno e para isto você vai ter que ter uma boa campanha de marketing. Vamos chamar de marketing sócio/ambiental. Crie oportunidades de trabalho na região e remunere muito bem as pessoas, para elas não pensarem a respeito do que fazem. Mas que as faça se sentirem impulsionadas a vestirem a camisa da empresa e dissemi…

Como fazer um empregado feliz e confiante

Como fazer um empregado feliz e confiante Um empresário estava querendo dar 8% de aumento para seus empregados. Mas ele sabia que os empregados iam querer mais. Ele não estava dando os 8% de aumento por ser bonzinho, mas porque ele sabia que para manter seus empregados produzindo ele precisava dar 8%. Como ele não podia oferecer 8%, pela razão de que os empregados iam pedir mais. Ele ofereceu 4% de aumento. Sabendo que isso ia gerar uma greve, mas todos os anos tinha greve mesmo na época do aumento. Já fazia parte da rotina. Os empregados se reuniram e fizeram a greve pedindo 12%, porque eles sabiam que o empresário não iria pagar os 12%, mas no mínimo eles iriam receber 6%. O empresário foi até os meios de comunicação e explicou a situação que era impossível pagar os 12 % de aumento. Por causa da inflação, da alta taxa de impostos, .... Neste momento o governo entrou em ação e escutou; os dois lados. Viu que para resolver a questão os três lados teriam que ceder (empresário, traba…

tudo depende da audiência

ontem eu estava olhando um programa de televisão, desses bem sensacionalista, com um apresentador atuando de forma dramática. mostrou umas imagens e acusou e condenou uma pessoa (apenas especulando em cima das imagens que estava passando). Hoje o mesmo apresentador sabendo que o suposto culpado na verdade é a vitima. chamou no programa e fez mais um drama (para aumentar a audiência), e nem tocou no assunto do equivoco do dia anterior. rsrsrsrs o que não se faz por uma audiência.
mas o pior de tudo foi ver que algumas pessoas que assistiram ontem (com base na enfase que o apresentador deu ao fato) também condenaram. e hoje já esqueceram. o que me faz lembrar uma historia de um sujeito que já era rico e um dia comprou um jornal. um amigo lhe perguntou porque tinha comprado o jornal. e ele respondeu que era apenas para ter poder. poder manipular uma informação e atestar que um fato é verdade (uma verdade criada para cumprir um proposito). o bom dessa historia que amanhã vamos ter outras …

ROYAL PHILHARMONIC ORCHESTRA - LARA'S THEME (DR. ZHIVAGO)

Maurice Jarre - Doctor Zhivago

Day-O (Banana Boat Song) Beetle Juice

Tom Waits - Jockey Full Of Bourbon (Down By Law Soundtrack)

um deserto de letras

Lendo aqueles poemas que parecem que foram escritos com um dicionário de rimas pobres e corriqueiras ao lado. Nenhum mistério, frases escritas, linha a linha. Começo a pensar que quem escreve as bulas de remédio é um grande poeta. As letras são pequenas e o papel é estreito. E ele não precisa fingir colocando uma foto de um unicórnio ou rosas vermelhas. Nem estrelinhas que ficam piscando no monitor. Consegue com seus termos técnicos, muito mais mistério do que a maioria do que folhei hoje. E os comentários tão mortos como os próprios “poemas”. Que deserto.

Tom Waits - No Visitors After Midnight

The Heart Of Saturday Night(Full Album)-Tom Waits

Faun - Von den Elben

ponto de vista

tirinhas engraçadas - humor

pensamentos e coisas banais

A noite tem um significado que nem ela mesma entende nosso misticismo mas mesmo assim
ela continua sendo noite. 

pensamentos & coisas banais

Como eu queria ser um animal que não pensa pra fazer tudo aquilo que se pensa
e não se faz porque pensa.

o marcador de visualizações do G+ não é confiável!

o marcador de visualizações do G+ não é confiável! 
ontem o marcador de visualizações do meu perfil no  G+, estava marcando 91.500 visualizações. agora entrei e para minha surpresa baixou para 
75. 400 visualizações. 
dessa forma não da para confiar.

primeira oferta criada no facebook - clique no link e ganhe grátis um e-book

clique aqui! e baixe grátis o e-book


se preferir visite minha página no face  https://www.facebook.com/rohrigc

Novela: O convite - 4 capítulo

4 Decidi que já era hora de ir embora. A garota tinha sumido. Quem eu estava tentando enganar? É provável que ela tenha se entediado com minha conversa. E agora deveria estar conversando e rindo em algum grupo. A festa estava toda dividida em grupos. Apenas eu continuava sozinho, sem afinidades e deslocado. Monica passou mais uma vez pela sala, dava alguns passos, parava, conversava, sorria, algumas vezes parecia gargalhar, tocava no ombro de um e de outro convidado. A anfitriã era o centro das atenções, um merecido destaque já que a casa, o aniversario e os amigos, tudo a sua volta a pertencia. Notei que apenas ela usava vermelho, um lindo vestido vermelho. Seu vestido contrastava com a cor sóbria e cinza das vestimentas dos convidados. Como eu não tinha reparado nisso antes? Eu deveria estar nervoso quando entrei na festa, mas agora estou entediado. E começo a reparar nos detalhes. Poderia ir até a outra sala conversar com Daniel e deixar ele me apresentar a seus amigos. Mas não gost…

Existem pássaros no inferno e eles também cantam. - poesias - novo livro - 2015

Uma pequena escada que nos aquece degraus pequenos são sentimentos mornos subida leve que leva ao amor e a todas as fragilidades tentamos arrumar escondendo nossos rostos as paredes se contorcem com a dor inevitável dançamos a ultima canção, é hora de fechar o balcão de joelhos rezamos e somos crucifixados Uma bala na têmpora alivia a dor em um sentimento morno Deus é um menino mimado preso em uma garrafa brincando de guerra  santa em qualquer lugar com soldadinhos de chumbo empoeirados o coração sangra em cada pagina antiga minha devoção devorada por traças
é apenas uma grande ilusão de crenças.

A sublime arte de roubar e de mentir - poesias - novo livro - 2015

Sentado na calçada olho a água na sarjeta um rio no meio da quadra jogo uma folha onde pequenas formigas tentam se agarrar a vida é um estado de se agarrar em sonhos a boca de lobo o inevitável mistério e eu sou deus a fumar meu cigarro
fico observando a fragilidade da vida.

poesia e pensamentos

Quando quero experimentar uma vida escrevo um livro, como quem pega uma roupa no armário. Mas no sul o clima muda rápido e tenho que ficar tentando me encontrar. Então experimento as várias roupas, não para me encaixar no clima, mas para ser o clima. E este tentar se encontrar, não significa estar perdido.

novela: O convite - 03 capitulo

03 Senti alguém colocar a mão no meu ombro, me virei. - Grande Alfredo! Ele disse. - Que mundo pequeno Daniel. - O que esta fazendo aqui? - Recebi um convite. - Nunca poderia imaginar lhe encontrar numa festa dessas. - Para você ver a gente nunca sabe do que é capaz, até fazer. E você como vai? - Estou bem, agora voltei para ficar. - Estava viajando? - Já faz o que, uns dois anos que não nos vemos. - Não me lembro. - Tive uma proposta de uma empresa noutro estado. Mas acabou que não valeu a pena. Continua pintando? - As vezes... - Não sabia que você conhecia a Monica. - Nem eu. - Você continua o mesmo. - Apenas um pouco mais velho. - Fiquei sabendo que você andou meio doente. - Uma bobagem...mas agora já estou bem. - Que bom saber meu amigo. Quer se reunir com nossa turma estamos na outra sala. - Estou esperando alguém. - Alguém conhecido? Qual o nome dela? - Não é o que esta pensando.

Promoção de livros

743355678ae871043d48337fc70c9a8a--romances-auto

Ebook Amazon

É muito amor envolvido – Quando nasce um romance – LIVRO – Röhrig

Se preferir uma edição impressa clique no logo da Agbook 
 

Ofertas: